Telefone: (11) 2247-9516
WhatsApp (11) 9 4217-9658
Destoxificação, Saúde em geral

Como melhorar a digestão com programa detox

Saber como melhorar a digestão de forma eficiente, natural e segura é um cuidado de suma importância para garantir mais saúde e qualidade de vida.

Além de causarem uma série de desconfortos, os problemas digestivos podem afetar a absorção de nutrientes na alimentação. Isso favorece a ação de agentes alérgicos, microrganismos e toxinas que geram danos ao organismo.

Para que você não sofra com essas condições, a seguir, conheça as causas dos problemas digestivos mais comuns e descubra como combatê-las com a destoxificação!

Quais são os problemas digestivos mais comuns?

Dispepsia

A dispepsia pode ser definida como uma dificuldade do organismo em digerir os alimentos. Suas consequências mais comuns incluem:

  • mal-estar;
  • arrotos excessivos
  • dores abdominais.

Muitos casos resultam de hábitos alimentares dos pacientes, e não geram grandes danos ao organismo. Algumas vezes, porém, a dispepsia pode ser causada por condições mais severas, como refluxo, úlceras, doenças do pâncreas ou até tumores no estômago.

Refluxo

O refluxo é um dos problemas digestivos mais comuns, e ocorre quando o efeito do suco gástrico traz a sensação de que os alimentos estão “voltando” pelo canal. Seus sinais incluem desconfortos que afetam a qualidade de vida, como regurgitação e a própria azia, que será abordada no item seguinte.

As causas mais comuns incluem:

  • aumento da pressão intra-abdominal;
  • aumento da secreção gástrica;
  • diminuição das contrações musculares que conduzem os alimentos até o estômago.

Caso não seja tratado, o refluxo pode levar a doenças como laringite, esofagite, asma, tosse crônica ou mesmo a erosão do esmalte dos dentes.

Azia

Já a azia é caracterizada por uma sensação de queimação no estômago, que pode ser estendida para as regiões do pescoço e garganta. Sua causa mais frequente é o refluxo.

Síndrome do Intestino Irritável

A síndrome do intestino irritável é uma disfunção muscular que altera o funcionamento do intestino, tornando-o mais lento. Além de mudar a consistência das fezes, essa condição pode provocar diarreia ou prisão de ventre, gases, distensão abdominal e sensação de evacuação incompleta.

Suas causas são desconhecidas, mas sabe-se que o problema ocorre em indivíduos com trato digestivo sensível a estímulos.

Agora que você já conhece as características dos problemas digestivos mais comuns, continue a leitura para entender como melhorar a digestão por meio da destoxificação!

Como melhorar a digestão por meio da destoxificação?

O método de destoxificação representa uma intervenção completa de saúde. Nele, uma suplementação específica é desenvolvida de acordo com as necessidades de cada paciente.

Cada ativo escolhido para o tratamento ajuda a eliminar toxinas que prejudicam as funções do organismo. O resultado será o restabelecimento do funcionamento dos órgãos.

Já nas primeiras semanas de destoxificação, os pacientes podem perceber benefícios como redução de inchaços, fim de quadros de diarreia, de constipações e desconfortos, além de mais leveza após a alimentação.

O estômago é diretamente beneficiado pelo método, que o livra de disfunções e toxinas que comprometem sua saúde. Outras vantagens incluem ganho de mais vigor físico e mental, aumento da imunidade, equilíbrio da acidez dos líquidos corporais, redução da gordura no fígado, entre muitas outras.

Para que os resultados da destoxificação atendam às expectativas, é importante contar com o apoio de profissionais especializados na área. Afinal, o tratamento deve ser desenvolvido com cautela e pensando nas demandas de cada indivíduo.

Quer descobrir como melhorar a digestão com quem é referência absoluta em detox? Entre em contato agora mesmo com a Clínica Dr. Ozônio. Não perca também as novidades do nosso blog e fique por dentro de tudo sobre o assunto!

Comentários

Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *