O respaldo científico da técnica é imenso e corroborado por milhares de testes, que são crescentes em diversos países ao longo de mais de 100 anos de estudos. O tratamento com Ozonioterapia não só é indicado por sua segurança e eficácia, mas também por sua mínima taxa de efeitos colaterais e contraindicações!

 

Como é o respaldo do tratamento com Ozonioterapia ao redor do mundo?

 

Os países Suíça, Áustria, Estados Unidos e Austrália são alguns exemplos de como o estudo do Ozônio Medicinal pode ser benéfico para toda a população. A lista, porém, é muito maior!

 

Só na Alemanha, as evidências científicas se acumulam através de testes em milhões de pacientes! Desde 1972, a Sociedade Médica Alemã Para Ozonioterapia promove pesquisas, cursos e congressos sobre o assunto.

 

Em toda a Europa, são 1500 médicos atuantes na pesquisa deste tema, sendo que o governo da Itália já alcança taxas de recuperação de até 95% em enfermidades como hérnia de disco.

 

É por esta característica universal que a Ozonioterapia se destaca: os médicos a recomendam, principalmente, como tratamento complementar, a fim de garantir resultados rápidos, seguros e com pouco impacto sobre o bem-estar dos pacientes.

 

Além desta visão, países como Cuba provam que a técnica é também promissora enquanto terapia principal. É o que apontam diversos casos reportados em seus quase quarenta Centros Médicos Clínicos de Ozonioterapia.

 

Seja como tratamento central ou terapia secundária, sobram estudos sobre a eficiência e as possibilidades de aplicação da técnica. No Brasil, infelizmente, esta realidade ainda caminha devagar!

 

Todos os estudos que já foram realizados aqui conquistaram resultados promissores – Dentistas, inclusive, já utilizam a técnica em inúmeros procedimentos e enfermeiros já foram instruídos sobre a sua aplicação externa.

 

Quais os cuidados básicos nos procedimentos?

 

O principal argumento de quem insiste em negligenciar um tratamento tão eficaz e reportado ainda é o suposto caráter experimental da aplicação do Ozônio Medicinal.

 

Este raciocínio se mostra equivocado quando refletimos sobre a sua enorme adesão e evolução, que não pára de crescer desde a Segunda Guerra Mundial. Bastam apenas alguns cuidados básicos para que o procedimento seja comprovadamente seguro, assim como ocorre na grande maioria dos tratamentos médicos.

 

O principal é garantir que os pacientes sempre procurem conhecer a origem dos treinamentos e da formação de seus médicos, procurando por referências de peso. Esta atenção é ainda mais importante em países como o nosso, que ainda não dispõem de uma regulamentação apropriada.

 

A inalação é totalmente vetada, pois o Ozônio Medicinal também pode causar intoxicações. Este é o único risco sério provocado pela substância, que inclusive só pode ser provocado por um caso extremo de negligência.

 

Você sabia que a Ozonioterapia praticamente não tem efeitos colaterais?

 

Apenas 40 efeitos discretos já foram relatados em todo o mundo, sendo que todos esses casos continham fatores externos que influenciaram a situação dos pacientes.

 

Neste sentido, quando realizado por profissionais qualificados, o tratamento pode ser considerado um dos mais seguros e eficientes do mundo!

 

No caso específico dos anêmicos, um relatório detalhado sobre as condições de saúde pode ser solicitado para evitar efeitos indesejados, mas em todas as outras situações, os efeitos colaterais são praticamente indetectáveis.

 

Venha aproveitar tudo o que esse método pode fazer pela sua saúde!

 

Apesar de o Brasil ter dificuldades em aderir às novas tecnologias, o tratamento com Ozonioterapia tornou-se tão irrefutável que já está conquistando o seu espaço no país.

 

Após aprovação no Senado em setembro do ano passado, a expectativa é que o tema seja regulamentado em todo o território nacional até o fim de 2018.

 

Gostou do conteúdo? Faça o seu cadastro na Saúde com Ozônio e descubra ainda mais sobre os benefícios da Ozonioterapia!

Comentários

22 Replies to “A Ozonioterapia ao redor do mundo”

  1. […] As propriedades milagrosas do ozônio medicinal, inclusive, podem transformar a forma com que diversos tratamentos são realizados, a exemplo dos avanços que já foram obtidos ao redor do mundo. […]

  2. […] amplo histórico de aplicações do ozônio medicinal ao redor do mundo mostra que o tratamento é um excelente aliado também contra a fibromialgia. Além de aliviar as […]

  3. […] Para se ter noção da eficiência deste tipo de técnica, basta analisar o papel que o ozônio medicinal desempenha em todo o mundo! […]

  4. […] não apenas no tratamento deste tipo de dor, mas no combate de mais de 200 doenças diferentes, a exemplo de diversos outros países que já adotam a técnica de forma ampla em seus sistemas de […]

  5. […] O ozônio medicinal tem propriedades que podem transformar a qualidade de vida dos pacientes quando aplicado de forma correta, a exemplo do que já ocorre em diversas partes do mundo. […]

  6. […] tratamento, amplamente reconhecidos ao redor do mundo, também possui uma poderosa ação antimicrobiana e anti-inflamatória, ativa o sistema […]

  7. […] técnica, que é amplamente utilizada ao redor do mundo, se destaca por suas inúmeras formas de aplicações, que podem combater mais de 200 […]

  8. […] Essas características tornam o ozônio medicinal um excelente aliado para o tratamento de insuficiência cardíaca e diversas doenças, com resultados seguros que o destacam em países que são referência em tratamentos médicos. […]

  9. […] Com amplo reconhecimento em diversos países, a ozonioterapia tem conquistado o seu espaço também no Brasil após anos de reivindicações dos médicos da área. […]

  10. […] geralmente respondem mal aos tratamentos convencionais, é possível concluir que grande parte do destaque que o ozônio medicinal possui ao redor do mundo se deve à sua capacidade de proporcionar uma recuperação mais ágil, acessível e menos […]

  11. […] do ozônio não são bem conhecidos, mesmo que o seu uso já seja amplamente estudado e corroborado ao redor do mundo e até aprovado pelo Conselho Federal de Odontologia no […]

  12. […] redor do mundo, diversos países utilizam a técnica, ampliam seus campos de estudos e constatam que o gás pode […]

  13. […] meio de estudos sérios na área e aplicações recorrentes em diversos países do mundo, já se sabe que a ozonioterapia é capaz de melhorar significativamente a cicatrização das […]

  14. […] grande alcance ao redor do mundo, a ozonioterapia tem mais de 100 anos de história. Muitos estudos e testes já constataram sua […]

  15. […] A ozonioterapia tem eficiência testada e comprovada contra mais de 200 patologias e seus benefícios também são amplamente recomendados no combate do dermatófito que causa o pé de atleta. É uma técnica segura, que acumula milhões de adeptos ao redor do mundo! […]

  16. […] espalhar a percepção positiva da ozonioterapia ao redor do mundo, um estudo recente, publicado na revista internacional J. Câncer, número 122, aplicou o gás em […]

  17. […] diversas análises, testes e estudos de casos foram publicados, o ozônio medicinal se fortaleceu ao redor do mundo e está presente em países como Suíça, Áustria, Estados Unidos, Alemanha e […]

  18. […] redor do mundo, dezenas de países aproveitam os benefícios do gás como complemento aos procedimentos […]

  19. […] Em um estudo realizado por especialistas russos e publicado no periódico médico nacional estadunidense em 2018 é defendido como uma das técnicas mais modernas para o combate desse tipo de condição, corroborando com o que já é praticado há mais de cem anos ao redor do mundo! […]

  20. […] benefícios da ozonioterapia são amplamente reconhecidos e utilizados ao redor do mundo, a fim de acelerar os tratamentos considerados tradicionais, reduzir o uso de medicamentos com […]

  21. […] mais de 100 anos, o ozônio medicinal é utilizado ao redor do mundo para combater mais de 200 doenças, em países como Itália, Cuba, Alemanha, Estados Unidos e […]

  22. Alveni A Berigo 3 anos ago

    Olá, onde tem ozonioterapia pra joelho e na área da estética em Campinas SP ? Obg

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *